Candidíase Candida Albicans

Candida Albicans, Candidas, Sapinhos, Monolíase, Candidíase, Fungos, Candidas, Doenças Fúngicas, Imunidade, Micostatin, Fluconazol, DST, HIV, Cancro

Cura definitiva da Candida
Se foi diagnosticado com alguma doença consulte um profissional de saúde, Holístico de preferência é a minha sugestão!

Candidíase, Candida Albicans

Escrito por amalux DC on 7:15 da tarde

A candidíase também conhecida por monolíase, candidas, sapinhos ou outros nomes é uma infecção fúngica causada pelo fungo Candida Albicans que vive naturalmente no organismo humano de maior parte da população humana sem causar danos. Antes pelo contrário desempenha uma função digestiva no organismo ajudando a eliminar restos de comida.


Aquilo a que se chama Candidíase é a proliferação descontrolada do fungo Candida Albicans que por variadas causas ganha espaço para reproduzir chegando a áreas como a boca ou a vagina podendo atingir qualquer área do organismo.

A flora intestinal é um sistema onde vários organismos actuam em um equilíbrio relativamente frágil para as agressões diárias que sofre do estilo de vida que adotámos. Várias bactérias vivem no intestino e sua vida em equilíbrio beneficia o equilíbrio de nosso organismo. As bactérias lácteas, as bifido-bactérias, ajudam a manter a Candida Albicans controlada e na falta destas a Candida cresce sem as limitações antes impostas pelas bifido-bactérias.

Uma causa comum é exactamente a destruição da boa flora intestinal através de medicamentos como antibióticos, esteroides, hormonas, cortisona, analgésicos, pílula, enchimentos de dente com mercúrio (chumbados), peixe e marisco contaminado com mercúrio, vacinas com mercúrio, água com cloro, flúor, excesso de açucar, má alimentação, intoxicação por frutos secos etc.

Um dos medicamentos mais conhecidos e usados no combate á Candidíase é o fluconazol depois do micostatin mais fraco. Só usei estes dois medicamentos e ainda lembro de nas primeiras vezes que me apareceram na boca que o micostatin até resolveu mas rápido se tornou resistente ao micostatin. Menos rápido talvez mas de igual forma se tornou resistente ao fluconazol o que demonstra grande capacidade de adaptação da Candida Albicans e dificuldade em a curar de vez.

É aconselhável que em qualquer tratamento que se faça para a candidíase, ao mesmo tempo se actue na eliminação das causas da candidíase e se recupere algum equilíbrio da flora intestinal e do organismo. A candidíase pode ser esgotante e afectar o estado psicológico e ao ser eliminada provoca um desgaste adicional pelo que é aconselhável beber muita água juntamente com o tratamento e desintoxicar o fígado com chás ou alimentos/sumos naturais.

O restabelecimento da flora intestinal faz-se tomando bifido-bactérias em forma de yogurtes naturais, suplementos naturais, kefir, kombucha, miso, tempeh, repolho etc

Corta-se o açucar, pão branco, cereais brancos, bolos e bolachas etc pois hidro-carbonatos é o alimento principal da Candida e durante um tempo não convém dar-lhe alimento. Antes pelo contrário vamos dar veneno á Candida na forma de anti fungicos naturais ou na forma do tratamento médico que escolheu.

Alho, Ácido Caprílico, Óleo Extra Virgem de Côco, Extracto de Semente de Toranja, Pau DÁrco, Bicarbonato de sódio, Óleo de Oregano etc. são alguns dos anti fúngicos naturais que se podem incluir na alimentação e/ou no tratamento.


Este blog fala de minha experiência pessoal com a doença fúngica conhecida por Candidíase. Também conhecida por Candidas, Sapinhos, Monilíase, Monolíase, Corrimento, Candidíase Invasiva, Candidíase Oral, Candidíase Esofágica, Candidíase Pseudomembranosa, Candidíase Sistémica, Candidemia, Intertrigo, paroníquia, onicomicose, Síndrome de Hipersensitividade à Candida, Infecções Fúngicas, Doença de Monilia, Fungos, Micose, Pé de Atleta, Psoríase, Candidíase Vaginal, Vaginite, Fungos Intestinais, Sindrome Fúngico, Leveduras, Cistites, dermatite seborreica, tinha cruris, eritrasma, leucoplaquia pilosa .
Muitas vezes mal soletrada como candeda, candidia, candidos, candidas albicans, candidose, candida albacans entre outros atentados á lingua portuguesa.

Algumas doenças associadas á Candidíase são o Cancro, HIV/VIH AIDS/SIDA, Diabetes Melittus, SID, esofagite,

Os medicamentos farmacológicos mais usados no tratamento e cura da Candidíase são o clortrimazol, nistatina, fluconazol, itraconazol, cetoconazol, isoconazol, tioconazol, miconazol, terconazol, anfotericina B., fluocitosina, flucitosina. Necessitam receita médica.
Os medicamentos, produtos e alimentos naturais mais utilizados no tratamento da Candidíase são o Tea Tree Oil, Óleo da Árvore do Chá, Ácido Caprílico, Ácido Láurico, Algas Marinhas, Alho, Cebola, Gengibre, Kefir Kefyr, Kombucha, Prata Coloidal, Extrato de Óleo de Oliva, Pau D´Arco, Óleo de Oregano, Óleo de Tomilho, Ozonoterapia, Oxigenoterapia.

Related Posts by Categories



Widget by Hoctro | Jack Book
  1. 2 comentários: Responses to “ Candidíase, Candida Albicans ”

  2. By Anónimo on 30 de novembro de 2008 às 12:05

    teste

  3. By Leonardo on 10 de junho de 2009 às 07:55

    Outro equívoco: classificar uma candidose como sinônimo de Candida albicans é um erro. Existem outras espécies quase tão comuns como a albicans. É o caso da C. tropicalis e da C. glabrata. O tratamento pode variar de uma pra outra. Quem sabe não é isso que está impedindo a cura do teu fungo?


Acerca de albicans-candida.blogspot.com/

Minha experiência pessoal com a doença fúngica conhecida por Candida ou Candidíase entre outros nomes. A Candidíase crónica, suas causas e tratamentos. Terapias químicas versus terapias naturais. Candidíase e imunidade.