Candidíase Candida Albicans

Candida Albicans, Candidas, Sapinhos, Monolíase, Candidíase, Fungos, Candidas, Doenças Fúngicas, Imunidade, Micostatin, Fluconazol, DST, HIV, Cancro

Cura definitiva da Candida
Se foi diagnosticado com alguma doença consulte um profissional de saúde, Holístico de preferência é a minha sugestão!

Dia 1 Com Prata Coloidal

Escrito por amalux DC on 4:07 da manhã

Comecei a tomar o Colloidal Silver um dia atrás e tenho algumas expectativas em relação a este produto. Já experimentei muita coisa para a candidíase mas poucas são suficientemente fortes para inibir a Candida sem que se acompanhe com uma dieta livre de hidratos de carbono.

O Fluconazol já não tem efeito nenhum em minha candida e apesar de existirem outras drogas anti fúngicas, está visto que não vão resolver o meu problema que é de desequilíbrio do organismo. O organismo reage ás agressões constantes de alguma forma e a candidíase parece ter sido uma das formas que o meu reagiu.

Já tinha lido muita coisa boa sobre a Prata Coloidal e sobre as propriedades da prata mas só agora me decidi a experimentar. Sinto-me um pouco mais rico com tanta prata a correr em meu sangue :)
Comprei o MesoSilver porque dentro dos VERDADEIROS colloidal silver é o que apresenta maior concentração e uma boa ppm. Foi um bocado dificil comprar e encontrar quem enviasse para Portugal. Na Amazon não tive sorte mas também não procurei muito pois fui pesquisar se tinha importador na Europa e encontrei um na Alemanha que envia para Portugal Mediverse.

Cá estou para ver o bom que é a prata coloidal para a candidíase. Entretanto também vou usando outras coisas que já estava a usar como o óleo de tomilho para lavar os dentes, gargarejar e mesmo beber umas gotas. Algum tempo atrás tive a brilhante ideia de com um cotonete lavar os ouvidos com óleo de tomilho e não sabia o que fazer de tanto ardor e comichão que aquilo deu. Mas parece que teve bom efeito!

Related Posts by Categories



Widget by Hoctro | Jack Book
  1. 7 comentários: Responses to “ Dia 1 Com Prata Coloidal ”

  2. By Anónimo on 12 de abril de 2009 às 17:35

    tenho candida e não sei mas o que fz estou dando banho de aguá sanitaria é bom me da uma luz por favor a candida é uma doenca verena

  3. By amalux DC on 13 de abril de 2009 às 01:26

    Olá, a candidiase apresenta-se em várias formas e pode ser venérea ou não. Sempre começa nos intestinos e por isso fazer uma limpeza aos intestinos e equilibrar a flora intestinal é sempre uma grande ajuda.
    No blog encontra muitos produtos e tratamentos para a candida incluindo produtos caseiros como alho, gengibre, limão, bicabornato de sódio etc
    Leia mais e aprenda como aplicar no seu caso. Se for venérea pode apliar uma compressa com alho esmagado por exemplo. Pode tomar o alho também que é anti fúngico e pré-biótico.
    Tem vários medicamentos naturais no blogue já preparados para lidar com a candida que também podem ser usados como por exemplo este http://tinyurl.com/cxvtvu

    Fica bem!

  4. By Leonardo on 29 de maio de 2009 às 14:46

    Primeiramente o termo correto a ser aplicado é CANDIDOSE, e não candidíase, pois na micologia qualquer infecção se define como "ose", como por exemplo a aspergilose ou a criptococose. Usa-se erroneamente candidíase que provém da expressão "candidiasis" como é denominada essa infecção na língua inglesa.

    Outra correção: a Candida sp. é um fungo saprófita da mucosa esofágica e classifado como um fungo oportunísta. Ou seja, a infecção não tem seu início no intestino necessariamente.

    Diversas são as causas para uma candidose venha à tona. Pacientes portadores de HIV ou transplandos são imunocomprometidos e, normalmente, os mais acometidos por esse fungo. Outros tipos de imunossupressão podem desecadear a colonização por Candida sp. A admnistração de antibióticos em altas doses podem levar a um desequilíbrio da flora microbiana "dando espaço" para o crescimento do fungo em maior escala.

    Quanto ao tratamento, interações medicamentosas também podem inibir a ação do fungicida. Como é o caso de medicamentos utilizados para úlcera gástrica que diminui significativamente a acidez do estômago. Alguns fármacos utilizados no tratamento de fúngos necessitam de um pH ácido para uma absorção adequada.

    Portanto, o mais indicado é procurar um médico MICOLOGISTA. Existem testes como o antifungigrama que aponta qual o tratamento mais indicado para o caso do paciente e só o médico poderá lhe indicar o caminho correto a ser seguido.

  5. By amalux DC on 9 de junho de 2009 às 03:30

    Só médico pode indicar o caminho correto?
    Você fala da 3ª maior causa de morte nos EUA, os médicos? As duas primeiras são doenças e a terceira são os médicos, que engraçado.
    Você fala dos médicos que fazem do diagnóstico errado o seu prato do dia?
    Você fala de medicamentos e mais medicamentos?
    Sinceramente não sei o que vem aqui fazer Leonardo porque não vai corrigir ninguém. Lamento mas funciona ao contrário e as pessoas estão a fugir do perigo que é a medicina baseada em lucro para procurar cada vez mais informação como a deste blog e a responsabilizarem-se por si mesmas fazendo auto-cura e se isso incluir auto-medicação, óptimo desde que seja de forma consciente.
    Bem melhor que confiar num médico estranho arrogante que pode estar ali apenas pelo dinheiro e pouco quer saber se vives ou morres pois está sempre escudado.
    Assim não é crime mal diagnosticarem a candida e encher uma pessoa de medicamentos desnecessários e causar duas ou três novas doenças, não, isso é medicina, tapa-se buracos fazendo buracos ainda maiores... duh
    Fica lá com tua religião Leonardo que pouco tem de científica e muito de nomes técnicos que não parecem conresponder á fiabilidade dos médicos em fazer diagnósticos.
    O mais indicado é informar-se convenientemente e não entrar em radicalismos nem ceticismos. A medicina ou evolui e acompanha a evolução do saber, da ciência, das pessoas, ou então vai parecer cada vez mais uma religião em que cada vez menos se confia.
    É a medicina que tem doenças incuráveis tratáveis pelas medicinas alternativas, pela fé ou outros tantos processos.
    Entre uma doença incurável ou uma doença curável qual você prefere?
    A medicina morreu como a conhecemos e está a dar seu último suspiro. Mantém-se ainda porque é financiada pelas grandes corporações e é um negócio da china mas a cada dia que passa milhares despertam para a hipocrisia da medicina.
    Assassinos que mandam pessoas para radioterapia e quimioterapias sem nenhuma necessidade só porque são fanáticos arrogantes com espírito mais fechado que um padre da idade média!
    Ir a um médico que continua a dizer que a terra é quadrada não faz qualquer sentido!
    Lamento mas vão ter de saír de vossos pedestais e ser um pouco mais humildes se quiserem re-conquistar a confiança da população.
    Quem confia em vocês é exactamente a população mais ignorante porque nem os médicos fazem os tratamentos que receitam a seus doentes por saberem a porcaria que são.
    Esses números dizem tudo, se nem os médicos confiam em seus tratamentos vamos nós confiar?

  6. By Leonardo on 10 de junho de 2009 às 07:46

    amalux DC,

    Em primeiro lugar, não sou médico. Trabalho em laboratório e sou um pesquisador da área da micologia médica. O que tentei fazer aqui foi apenas colocar-me a disposição para possíveis esclarecimento a respeito deste fungo. Mas se isso te ofendeu, não posso fazer nada.

  7. By amalux DC on 10 de junho de 2009 às 10:49

    Olá Leonardo, parabéns então por não ser médico, é menos um a pôr em perigo a vida do cidadão incauto.
    Publiquei todos seus comentários e nem sou verdadeiro democrata neste blog pois pretendia deixar as versões médicas para outros blogs e sites. Assim é um pouco despropositado na minha opinião tentar corrigir aquilo que não tem verdadeira importância na filosofia deste blog que pretende enfocar muito mais na medicina natural e auto-cura sem descurar por completo o saber actual da medicina. Como tal aí fica o seu comentário e correcções ou supostas correcções.
    Entendo que para a micologia seja importante as cepas mas para a medicina natural pode não ter importância pois as bases terapêuticas são outras. Não posso recusar a medicina pois a uso em minha candidíase por me sentir impotente perante ela muitas vezes. No entanto já a venci naturalmente outras vezes quando tenho a potência necessária:)
    Se pudesse até te mandava um pouco de minha candida pois gosto de saber tudo acerca do que tenho e o diagnóstico que tenho foi feito visualmente.
    Pois, não precisa fazer nada e já passou, já estou mais calmo e nem estou a olhar para você como agente da corporação médico-farmacêutica.

  8. By Anónimo on 30 de julho de 2009 às 13:39

    Agradeço do fundo do coração ter postado este mensagem! Uma rápida pesquisa no google de "prata coloidal" e "portugal" e pronto, já tenho referência de importador. Obrigada pela partilha da informação, espero que ajude muita gente, que a prata coloidal é muito mal conhecida em Portugal e despritigiada pela classe médica (em geral, e por minha experiência apenas).
    Obrigada, mais uma vez.


Acerca de albicans-candida.blogspot.com/

Minha experiência pessoal com a doença fúngica conhecida por Candida ou Candidíase entre outros nomes. A Candidíase crónica, suas causas e tratamentos. Terapias químicas versus terapias naturais. Candidíase e imunidade.